HISTÓRIA: HUNGRIA 89 - acaso ou destino...

July 16, 2020

 

 

Por: Paulo Torino

 

A melhor vitória de Nigel Mansell aconteceu na Hungria, em 1989. Foi também neste GP que o projetista John Barnard recebeu sua maior recompensa de seu trabalho na Ferrari. O inventor da caixa semi-automática e dos chassis de carbono estava radiante quando Mansell ergueu o troféu, depois de partir da 12ª colocação.

 

A corrida daquele ano recebeu uma multidão inigualável de torcedores.  Turistas do Oeste e do Leste se reuniram e atravessaram a fronteira através da Áustria. Eles chegavam pela primeira vez na Hungria.  O regime comunista estava à beira do colapso, após a morte do ditador János Kádár e as barreiras se abriram na Áustria com a multidão de alemães orientais, tchecos e até soviéticos cantando nas ruas de Budapeste, fumando Marlboro e bebendo Coca Cola. Assim começou o final de semana que terminaria no domingo, 13 de agosto de 1989, neste histórico Grande Prêmio da Hungria.

 

 

 

 

 

 

 

Quando os pilotos foram para a primeira sessão de treinos livres, perceberam algo diferente. Os organizadores haviam removido a chicane lenta que antecedia às curvas 1 e 2. Agora o trecho possuía uma curva bastante rápida à direita que levava à subida do circuito. Mas o pista continuava “lenta e empoeirada”, reclamavam os pilotos. Na balança a Ferrari era o carro mais pesado, 2,5 kg acima, ganho graças a nova versão do V12, e da caixa de câmbio revolucionária de Barnard.

 

 

 

 

 

 

Na Williams o novo FW13 ainda não estava disponível. Patrick Head prometia a estreia em Monza, fato que fez Thierry Boutsen, ironizar -

 

 

 "Eu vou deixar você adivinhar quem vai ter ..." suspirou Boutsen. Não escondendo a decepção que Riccardo Patrese teria a preferência de Patrick Head. 

 

 

 

O belga estava certo. Não guiaria o carro em Monza, mas chegaria a sua primeira vitória na F1 (foto) vencendo com o FW13, em Adelaide, Austrália naquele ano de 89.

 

 

 

A borracha dos pneus era outro assunto dos bastidores, e o que mais  preocupava os pilotos naquele final de semana. A Goodyear trazia um novo tipo de composto para a qualificação. A Pirelli optou por levar os pneus fornecidos em Mônaco e Phoenix, apostando ser o ideal para a pista húngara.

 

Dentro das equipes a confusão era enorme, principalmente entre os dirigentes. Na Coloni o clima era o pior possível com a iminente saída do piloto francês Pierre-Henri Raphanel#32, e a debandada dos patrocinadores que o francês trazia para apoiar o projeto da equipe italiana.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na fila já estavam Julian Bailey, Mauro Baldi, Enrico Bertaggia e Bruno Giacomelli, todos esperando um lugar naquele cockpit.

 

O noticiário também era ruidoso para a Brabham com seu futuro incerto. O dono Joachim Lüthi está sendo ameaçado pela justiça suíça. Ele é suspeito de peculato no valor de vários milhões de francos. Herbie Blash sacode a cabeça e diz “não saber de nada” garantido que sua equipe ainda estará presente em 1990.

 

Depois da sessão de classificação ‘chove’ multa na Hungria. Senna, é o primeiro, recebe uma penalidade de 5.000 dólares por ter abandonado sua McLaren na área de pesagem, minutos antes da classificação. Cinco mil dólares também e o tempo cancelado para Weidler, porque o spoiler traseiro de seu Rial não estava de acordo com o regulamento. Gunter Schmidt se recusa a pagar. "Você é o verdadeiro culpado! Gritou ao seu engenheiro Stefan Fober. "Cabe a você pagar a multa!" "Tudo bem", respondeu Fober, "Você só tem que descontar esse valor do salário que me deve!" disse Fober, com a carta de demissão ...

 

 Largada!, 77 voltas, 1h49min38s e parabéns para Mansell.

 

 

RESULTADO FINAL - GP HUNGRIA 1989

 

 

 

Fonte: STATSF1

Please reload

CoNews#29.jpg
Jornal PIT STOP

* Jornal PIT STOP foi produzido no Rio Grande do Sul e circulou mensalmente durante 24 anos, sempre entregue gratuitamente nos autódromos gaúchos entre 1993 e 2017. 

Com o fim do Jornal impresso passamos a produzir, a partir de 2017, a Revista digital corridaonlineNEWS, publicada aqui no site mensalmente.

O www.corridaonline.com.br existe desde 2000 e foi pioneiro nas transmissões AO VIVO de imagens e áudio no Brasil em corridas de automobilismo.

Editor: paulo_torino@yahoo.com,br

conheça o artista 

Roberto Muccillo

© 2000 - 2018 corridaonline

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now