F1: Silverstone70 – o que marcou

July 31, 2020

Além da satisfação de correr, o automobilismo proporciona emoções e momentos inesquecíveis que marcam a vida de muitos pilotos para sempre. Vejamos alguns destes acontecimentos em Silverstone nestes últimos 70 anos.

 

 

1950

 

 

Toda a glória para Giuseppe FARINA. O primeiro GP, a primeira pole, volta mais rápida e a vitória.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1969

 

Durante este fim de semana do GP britânico, Jackie Stewart tomaria uma decisão crucial para o seu futuro: ele assina um contrato de longo prazo com a International Management Inc., empresa fundada pelo americano Mark H. McCormack, especializado em gerenciamento de carreiras de esportistas de alto nível. Stewart se torna o primeiro campeão da F1 a ser "administrado" como uma estrela de cinema. Ele se transforma em empresários, multimilionário e se torna embaixador da Ford vendendo sua imagem através de anúncios na televisão. Com ele, a Fórmula 1 entra uma nova era, a dos "negócios esportivos".

 

 

 

1971

 

 

Jackie Stewart responde aos aplausos da multidão, encantada por ouvir Deus salvar a rainha ecoando por todo Silverstone. O recém aposentado Jack Brabham entrega a taça do vencedor e campeão escocês. Stewart, sua esposa Helen, Ken Tyrrell e toda a equipe vencedora se sentam em um trator para completar a volta da honra.

 

1973

 

A corrida acontece sob um céu nublado e ameaçador. Na largada, Stewart mergulha na Becketts e assume a liderança superando Peterson. Reutemann, Hulme, Scheckter, Cevert, Hunt, Revson, Regazzoni e E. Fittipaldi seguem o líder.

 Na saída de Woodcote, Scheckter perde o controle de seu McLaren e gira no meio do pelotão. Ele bate no guard-rail e retorna ao meio da pista, pega Revson quebrando sua asa traseira. Mas o pior ainda está por vir: Hailwood colide de frente com a McLaren e, assim, cria um acúmulo gigantesco envolvendo Beltoise, Pace, Mass, Williamson, Hill, de Adamich e Follmer.

 

A pista está completamente obstruída pelos carros danificados. A corrida continuou por alguns momentos, mas quando Stewart completou a segunda volta, os oficiais pararam a prova. A bandeira vermelha está levantada: o Grand Prix está parado. Todos os pilotos estão ilesos, exceto Adamich, que está preso em seu Brabham. O piloto italiano bateu no Surtees de Hailwood, destruindo toda a frente do carro. Ele quebrou um tornozelo no acidente e deve ser removido de seus destroços. Essa operação levará quase meia hora antes de De Adamich ser transportado para o Northampton Hospital.

 

 

1975

 

Após o terrível acidente de 1973, a curva Woodcote foi transformada em chicane. Além disso, nas áreas de escape da pista, estacas de proteção com telas de arame foram instaladas por razões de segurança. Mas a chuva forte no domingo criou muita confusão.

 

No final, a curva Club tornou-se um cemitério de carros. Pace, Scheckter e Brise ficam levemente feridos. Um comissário ficou seriamente ferido: ele sofreu várias fraturas nos ombros e tornozelos.

 

1981

 

Gordon Murray decidiu equipar o Brabham com freios de fibra de carbono para esta corrida. Ele está assumindo um risco real e Piquet testará a sua eficiência de forma inesquecível. Na 12 volta, o brasileiro abre luta pelo segundo lugar contra Arnoux, quando o pneu dianteiro esquerdo explode na curva Becketts. O Brabham ergue a frente, atravessa as cercas e bate no muro de proteção com muita violência. Piquet está consciente, mas sente dores no pé esquerdo. Ele é retirado do carro pelos comissários e permanece deitado no acostamento enquanto o socorro está a caminho.

 

 

1995

 Damon Hill chega ao GP nacional com forte pressão sobre os ombros. O campeonato de 1995 está realmente se voltando contra ele em favor de Michael Schumacher. O piloto alemão  especialista em desestabilização psicológica, aproveita o desânimo de Hill e acusa o britânico através da imprensa alemã de ter sido desleal na corrida da França.

No domingo, Hill dispara na frente, abre vantagem e realiza a volta mais rápida da prova até a chuva chegar. Numa disputa após a saída da curva da ponte, Hill acelera e bate em Schumacher atingindo a lateral da Benetton com a roda dianteira direita. Os dois carros giram no ar e ficam presos no cascalho fora da pista. Louco de raiva, Schumacher sai do carro sem olhar para o piloto inglês.

 

1999

 

Michael Schumacher, bicampeão mundial quebrou a perna direita após bater na proteção de pneus depois que os freios da Ferrari falharam; alemão ficou seis corridas fora e se recuperou do pior acidente da carreira na F1.

 

2003

 

 

Na 13ª volta, Cornelius "Neil" Horan, um ex-padre irlandês invadiu a pista carregando um cartaz com a frase "Leia a Bíblia, ela está sempre certa". Por sorte nenhum carro o atingiu. Um ano depois, na prova de Maratona das Olimpíadas de Atenas (2004), agarrou o maratonista brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima, que estava na primeira colocação da prova. Horan foi condenado a 1 ano de prisão, mas pagou uma multa de 3 mil euros (equivalente a 10 mil reais, na época e saiu em liberdade). Ele está vivo, tem 73 anos e segue solto.

 

2004

 40ª volta, o dia que Jarno TRULLI nunca mais esqueceu.

 

 

Fotos: STATSF1

Pesquisa: Paulo Torino

Tags:

Please reload

CoNews#29.jpg
Jornal PIT STOP

* Jornal PIT STOP foi produzido no Rio Grande do Sul e circulou mensalmente durante 24 anos, sempre entregue gratuitamente nos autódromos gaúchos entre 1993 e 2017. 

Com o fim do Jornal impresso passamos a produzir, a partir de 2017, a Revista digital corridaonlineNEWS, publicada aqui no site mensalmente.

O www.corridaonline.com.br existe desde 2000 e foi pioneiro nas transmissões AO VIVO de imagens e áudio no Brasil em corridas de automobilismo.

Editor: paulo_torino@yahoo.com,br

conheça o artista 

Roberto Muccillo

© 2000 - 2018 corridaonline

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now