Endurance Brasil: 2ª etapa Curitiba


Um grave acidente marcou as 4 horas de Curitiba, segunda etapa do Endurance Brasil. A prova disputada no sábado (5) foi interrompida por quase uma hora para remontagem das barreiras de pneus, após a batida do McLaren 570S da equipe Autlog. Com Leandro Ferrari ao volante, o carro, sem freios, decolou ao tocar os pneus e capotou para o outro lado da mureta.



Atendido pela equipe médica, o piloto saiu sem ferimentos. “O lado positivo, que é o que deve ser exaltado agora, é o como esses carros são seguros. Foi um acidente grave, uma batida forte – e eu nem esperava que ela fosse ser tão forte quando escapei da pista -, mas estou voltando para o box são e salvo. Isso é o mais importante”.




A corrida foi vencida pelo AJR #11 de Lucas Kohl, Emilio Padron e Marcelo Vianna. (Foto Bruno Terena)

“Temos que ser sinceros, não esperávamos este resultado. Estávamos com um problema na asa móvel, o ABS também estava falhando e vim nas últimas voltas administrando o ritmo para segurar a posição e não sofrer com um furo de pneu por conta do freio. Quando vi o Vicente ficando para trás na última volta, nem eu acreditei. A vitória caiu no nosso colo”, disse o gaúcho Kohl. Assim como o outro carro do time, os vencedores também sofreram um furo de pneu.


Próxima etapa no Velopark, em Nova Santa Rita, RS, dia 10 de julho.


Fonte: RaceMotor

Fotos: reprodução YouTube



PIT STOP - EDIÇÃO DIGITAL
#36 setembro 2021
PT#36.png
REVISTAS - CAPAS PIT STOP 
2017-2021