Jeddah: Foi assim

“Essa pista não é para F1, pode botar uma corrida de bicicleta aí”

Odinei Edson, rádio BandNewsFM


Com uma largada ‘combinada’ depois do grave acidente na F2 envolvendo Enzo Fittipaldi e Théo Pourchaire, que ficou parado no meio da pista na largada. Com os dois pilotos transportados para o hospital, o GP inaugural no circuito de Jeddah, ficou sob alerta máximo.


Mohammed bin Salman Al Saud


9 voltas – Haas #47 bate forte


12 voltas – Bandeira vermelha. O muro de borracha teve que ser refeito, após a batida de Mike Schumacher


Segunda largada, todos parados no grid, sem ‘combinação’ – Verstappen na pole, já que não fez a parada durante a bandeira amarela. Hamilton é segundo. Restavam 36 voltas para o final.


14 volta - Carambola no pelotão intermediário – Bandeira Vermelha! Fora Russell, Checo Pérez, Mazepin


“Essa é a pista que construíram na Arábia Saudita”!, disse Odinei Edson, narrador da BandNews FM


Na quinta-feira, (2) perguntaram ao projetista do circuito Hermann Tilke, O que o Sr. pretendeu construir? - “o que queremos ver é um circuito de corrida. Não queremos circuitos do Mickey Mouse. Não queremos aqueles antigos circuitos clássicos de rua com curvas de 90 graus. Queremos circuitos rápidos, circuitos que vão desafiar os pilotos – e eles vão adorar."


Antes da nova largada, o diretor de prova Michael Masi fez ‘uma proposta para a Red Bull’, diante da manobra de Verstappen na segunda largada, quando cortou a chicane – A proposta do dirigente da FIA – “Ocon larga em primeiro, Hamilton em segundo e Verstappen em terceiro”. Uma mediação e negociação jamais vista na Fórmula 1.


Terceira largada – Ocon na pole, Hamilton em segundo, Verstappen terceiro... O piloto holandês largou forte, e assumiu a ponta na primeira curva, após um sandwich em Hamilton. No final da primeira volta, Verstappen em primeiro, 1s210 à frente de Hamilton.


Volta 23 – Bateu Tsunoda – safety car virtual!

Volta 29 – um fiscal de pista entra no circuito para recolher destroços e quase cai na pista... todos em velocidade máxima.

Volta 30 –Alonso reclama dos detritos na pista – safety car virtual!

“- é impressionante como permitem construir uma pista como essa” – Odinei Edson

Volta 34 – segunda relargada...

Volta 36 – um pedaço de carro no meio da pista... safety car!

Volta 37 – Hamilton abre a asa –parte para cima - Verstappen fechou Hamilton na chicane, tentando tirar o piloto inglês da prova – na sequência – Verstappen freia o carro e Hamilton bate no Red Bull.

Volta 38 – quebrou a asa de Hamilton - “Ele quer me matar”, disse Hamilton, pelo rádio. – Verstappen ‘passou dos limites’ disse Odinei Edson.


(Direção de prova analisava o caso)


Bandeira Preta para Verstappen – confusão nos rádios da FIA e Mercedes

Verstappen deve entregar a primeira colocação “Vai jogando sujo Verstappen”, é vergonhoso conquistar o campeonato nestas condições, diz Odinei.

Verstappen deixou Hamilton passar e ultrapassou Hamilton novamente, e tomou 5 segundos.


Na sequência a FIA declara que outras investigações serão tomadas após a corrida. “Isso é uma vergonha, senhores” – diz Odinei Edson.




Ganhou Hamilton, com a melhor volta da prova. A vitória 103 na carreira.



369,5 X 369,5 pontos. Empatados seguem para Abu Dhabi. No retrospecto, Hamilton leva vantagem, cinco vitórias, contra uma de Verstappen, no último GP do ano. Na soma dos resultados de 2021, Verstappen possui uma vitória a mais e se os dois não terminarem a última corrida, o holandês é campeão.


Na coletiva, após a corrida, Verstappen foi vaiado pelo público.


A decisão será na semana que vem!


RESULTADO FINAL: Pódio GP Arábia Saudita

1º Lewis Hamilton 2º Max Verstappen 3º Valtteri Bottas





PIT STOP - edição digital
#39 dezembro 
PT#39.png
CAPAS PIT STOP  digital
2017-2021