Max vence


A chuva passou e tudo voltou ao normal na F-1. A água que molhou o circuito Gilles-Villeneuve na sexta e no sábado alterou o espetáculo e trouxe de volta uma emoção já esquecida nos Grande Prêmios. Desde 2014 é assim e parece que vai continuar quando não chover. Bernie Ecclestone já falou sobre isso inúmeras vezes e até sugeriu que molhassem a pista ’de vez em quando’. Ninguém deu ouvidos ao sábio dirigente.

Esse carro é ’muito ruim’, definiu Lewis Hamilton, na sexta-feira, falando do seu Mercedes, achando que os microfones estavam desligados.

No domingo a normalidade voltou e Max Verstappen confirmou seu favoritismo. Largou na pole e venceu como se estivesse correndo de kart. Foi sua 26.º vitória na F-1, sexta consecutiva para Red Bull. Carlos Sainz foi segundo, o 11.º pódio da carreira com Lewis Hamilton em terceiro, feliz.



O sol e o tempo bom são inimigos do bom espetáculo da atual F-1.

RESULTADO FINAL - GP CANADÁ


O resumo da Ópera – por Pino Allievi.


PIT STOP digital
Edição #45 - junho
PT#45.png

Coberturas In loco

Nikon.png
CAPAS PIT STOP  digital
2017-2022